Início Notícias Pré-candidato Albino Klauberth quer transporte público adaptado para pessoas com baixa mobilidade

Pré-candidato Albino Klauberth quer transporte público adaptado para pessoas com baixa mobilidade

39
0

O pré-candidato a prefeito Albino Klauberth (25) pretende implantar um meio de transporte público exclusivo para pessoas com baixa mobilidade. O democrata também irá exigir a adequação legal dos passeios públicos.

Atualmente a mobilidade urbana coelhonetense tem sido tema corriqueiramente esquecido pelo poder público, e isso nas duas esferas do poder municipal. O pré-candidato Albino quer mudar essa realidade, sua pretensão é concretizar uma política de mobilidade urbana de forma ampla.

A projeto se designa a implantar um meio gratuito de locomoção exclusivamente para cadeirantes e pessoas com baixa mobilidade, que os leve a órgãos públicos e ambientes de lazer e os traga de volta para casa.

Em São Luis, o governo do estado implantou um serviço público que funciona transportando cadeirantes e seus acompanhantes em viagens de pequena e grande distância. Com capacidade de atendimento para até 1000 passagens/mês, o Projeto Travessia é executado em quatro veículos do tipo VAN adaptadas, climatizadas e com capacidade para levar até três cadeirantes e seus acompanhantes, além de espaço para os pertences dos passageiros.

As viagens são realizadas das 8h às 20h mediante agendamento prévio, com no mínimo 48 horas de antecedência, por meio da Central DISQUE-TRAVESSIA.

Albino Klauberth afirma que esse tipo de serviço precisa ser complementado com adaptações dos passeios públicos, isso vai permitir o trafego sem dificuldades de cadeirantes e pessoas com baixa mobilidade. “Isso é um dever do poder público, um direito das população que qualquer gestão compromissada com o povo se empenha em desenvolver”, afirmou o democrata.

Apesar de ser obrigatório, boa parte do passeio público (calçadas) de Coelho Neto ainda é insuficientemente adequado para o trânsito de cadeirantes e pessoas com baixa mobilidade. O que Albino quer é aumentar o rigor dessa lei, pois o cumprimento dela garante o direito e beneficio da nossa população a mobilidade urbana.

Deixe uma resposta